Boas Vindas!!

Sejam Bem Vindos!
Sua participação e opinião são importantes.
Estamos a sua disposição.

Recebemos sugestões e postagens pelo e-mail:
"sbrtiradentes@hotmail.com".

Telefone Contato: 055 - 996777091 (Ten Nunes)
Agenda SBR: 055-996408597 (Sgt Daltro)

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

SAMU E HOSPITAL STO. ANTONIO

Domingo pela manhã fui informado que minha sogra, Dona Elma, havia sofrido uma queda em casa e estava com suspeita de fratura. Quando cheguei em sua casa ela já estava sendo socorrida pela SAMU. Estava imobilizada na maca e a perna direita também imobilizada. O que me causou estranheza foi o fato da equipe da SAMU estar formada apenas pelo motorista e uma enfermeira. Necessitando com isso a ajuda de um terceiro para a condução da maca até a ambulância.
Deu entrada no Hospital Santo Antonio as 11:45hs. O médico plantonista a encaminhou para o raio x. Onde houve o comparecimento imediato da profissional. Minha estranheza, de novo, foi o fato do médico ter saído para almoçar entes de interpretar o raio x e não ter prescrito nehuma medicação para dor, pois a paciente gemia em cima da maca, estava com a perna fraturada. Quando retornou explicou a minha esposa, filha da paciente, que não tinha tomado o café da manhã e ao ser questionado pela demora disse "é assim mesmo". A paciente só recebeu medicação para dor em torno das 13:15hs. E  também houve um enorme demora na chegada da ambulância que a levaria para Santa Maria, fato que só ocorreu as 13:45hs, isto é, duas horas após ter dado entrada no hospital. Outro fato que não entendo foi o translado da paciente que estava na maca que a socorreu para a maca da ambulância, este foi afetuado com a ajuda de terceiros, alheios ao quadro do hospital, pessoas que com certeza não tem preparo técnico para isso, inclusive eu, apesar de ter experiência em atendimento de emergência.
Foi encaminhado ao Diretor do Hospital Santo Antonio um documento relatando estes fatos e solicitando uma resposta. Tenho certeza que trata-se de um fato isolado, pois acredito que no Hospital Santo Antonio os pacientes são atendidos com dignidade. O médico com certeza tem direito a sua alimentação, mas poderia ou deveria ter esperado cinco minutos para ver o raio x e medicar a paciente e aí sim fazer sua refeição com tranquilidade e paz de espírito, pois sei que ele não conseguiu se alimentar corretamente sabendo que havia deixado uma pessoa idosa, com fratura na perna, gemendo de dor em cima de uma maca.
J.A.Nunes

Nenhum comentário: